Sincoverg

Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários no Transporte de Passageiros, Urbano, Suburbano, Metropolitano, Intermunicipal e Cargas Próprias de Guarulhos e Arujá em São Paulo

Guarulhos, 20 de Novembro de 2017

Por condutores

Maior greve dos trabalhadores na história do SINCOVERG

Com os Condutores de Guarulhos parados, GREVE GERAL alcança êxito, categoria conquista respeito e admiração por todo país, na sociedade e nas centrais sindicais

Vista_da_cidade_de_Guarulhos_(SP)

Depois de 100 anos da primeira greve no Brasil, os trabalhadores de todo país realizaram, no dia 28 de abril, uma GREVE GERAL contra as diversas medidas que esse governo golpista tenta de qualquer maneira implantar.

Coordenada pelas principais Centrais Sindicais do país, a GREVE GERAL teve adesão em todas as cidades do Brasil e mostrou a força dos trabalhadores.

Para Carmen Foro, vice-presidente da CUT, ficou claro esse sentimento dos trabalhadores frente ao governo: “Não foi uma greve sindical, foi uma greve da classe trabalhadora. Os ônibus não saíram das rodoviárias em vários municípios desse país por que os trabalhadores e as trabalhadoras não estavam lá. Ficaram em casa. Ruas, rodovias, estações estavam vazias.”

Apesar da grande mídia brasileira não noticiar sobre a Greve Geral, diversos países relataram que o Brasil estava de braços cruzados contra as reformas Trabalhistas e Previdenciária que atacam todos os trabalhadores e suas famílias.

A luta continua

Apesar do aumento da repressão da polícia em cima dos trabalhadores, as Centrais Sindicais afirmam que precisamos nos manter coesos e em estado de alerta.

O atual governo ainda não voltou atrás nas reformas e pretende aprovar esse massacre em cima de todos trabalhadores.

96% Reprovam Temer

Em pesquisa recente realizada pelo Datafolha aponta que 96% da população brasileira reprovam o governo Temer e 92% acreditam que o Brasil está no rumo errado.

A sociedade está ciente que de fato houve um golpe e quem está pagando a conta somos nós trabalhadores, por isso, mais do que nunca, precisamos unir forças com todos os trabalhadores para impedir esses retrocessos.

#ForaTemer #DiretasJá

secretaria da mulher