Sincoverg

Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários no Transporte de Passageiros, Urbano, Suburbano, Metropolitano, Intermunicipal e Cargas Próprias de Guarulhos e Arujá em São Paulo

Guarulhos, 20 de Setembro de 2017

Por condutores

Reforma da previdência: O trabalhador pagando o pato

Com a desculpa de que a previdência está falida, o governo golpista tenta empurrar goela abaixo reforma da previdência

patoO governo Temer não tem limites quando se trata de atropelar os direitos dos trabalhadores.

A reforma que ele quer nos empurrar é somente para os Trabalhadores. Ela não inclui os setores que causam o maior rombo nas contas, como o setor militar e uma pequena parte dos servidores públicos, que tem rendimentos muito acima do teto permitido pela previdência, como juízes e promotores.

Temer quer mexer na aposentadoria de 90% da população que recebem, em média, 1 salário mínimo de benefício. Mas o rombo está nos 10% de privilegiados, como militares, juízes e promotores.

Na prática, para alcançar uma aposentadoria integral, os trabalhadores terão de contribuir por 49 anos consecutivos. Em poucas palavras, vamos morrer trabalhando.

Para quem ainda tinha dúvidas de que o golpe era contra o povo, está aí mais uma prova. É o trabalhador pagando a conta do golpe.

 

        Faça a comparação…                               INSS tem saldo na conta. Veja…

Print