Sincoverg

Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários no Transporte de Passageiros, Urbano, Suburbano, Metropolitano, Intermunicipal e Cargas Próprias de Guarulhos e Arujá em São Paulo

Guarulhos, 19 de Setembro de 2019

Por condutores

1º de maio, festa para quem?

Se o PL 4330 for aprovado abriremos as portas da terceirização, possibilitando que as empresas, em busca de mais lucro, acabem com a nossa CLT

PL 4330 não!
Nós acabamos de passar por um 1º de maio, e se depender do nosso Congresso e dos nossos deputados será o último primeiro de maio que os trabalhadores farão festa.

Nesta última década assistimos a economia brasileira se aquecer, o desemprego baixar e o poder de compra dos nossos salários aumentar. Embora distantes do ideal, vínhamos crescendo, passo a passo, conquistando algumas condições de trabalho mais favoráveis.

O Congresso Nacional de forma vergonhosa e atendendo a interesses escusos, aprovou uma lei que ameaça todos os direitos trabalhistas conquistados até hoje.

A nova legislação abre as portas para que as empresas possam terceirizar todas as suas atividades e não tenho a menor dúvida que este projeto será absolutamente nocivo aos trabalhadores.

A ampliação ilimitada da terceirização deverá derrubar todas as garantias profissionais, provocar redução de salários, corte de benefícios, entre outros retrocessos como a ameaça aos direitos estabelecidos na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e as conquistas das convenções e acordos coletivos.

Como presidente do SINCOVERG não posso aceitar qualquer tentativa de suspender nossos direitos que levamos anos para conquistar à custa de muitas lutas.

Luto diariamente contra os maus empresários que tentam driblar a legislação existente e para que os trabalhadores tenham a garantia de ver suas conquistas respeitadas.

Alguns países que adotaram a terceirização estão acabando com essa prática e retornando ao que era antes.
Não podemos nos calar diante das perdas que o PL 4330 representa para todos os trabalhadores, beneficiando alguns empresários que a única coisa que enxergam é o lucro.

É somente através de lutas que conseguiremos mudar as coisas erradas do mundo do trabalho.

Forte abraço,
Orlando Maurício Jr. Brinquinho
Presidente Sincoverg