Sincoverg

Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários no Transporte de Passageiros, Urbano, Suburbano, Metropolitano, Intermunicipal e Cargas Próprias de Guarulhos e Arujá em São Paulo

Guarulhos, 17 de Agosto de 2018

Por condutores

Categoria rasga proposta indecente patronal e permanece em estado de greve

Em assembleia com mais de 3000 trabalhadoras e trabalhadores realizada na rua do SINCOVERG, categoria rejeita a proposta patronal, que oferecia 1,5% de reajuste salarial, a aplicação da lei da Reforma Trabalhista e o fim do PLR

No fim da tarde do dia 18 de maio, mais de 3000 trabalhadoras e trabalhadores participaram da assembleia do SINCOVERG sobre a Campanha Salarial 2018 – 2019.

A assembleia foi pautada pela proposta patronal, que oferecia 1,5% de reajuste salarial e nos tickets refeição e foi reprovada por unanimidade das trabalhadoras e trabalhadores presentes.

Aos gritos de rasga, rasga, rasga, o presidente Maurício Brinquinho mal conseguiu terminar de ler a proposta indecente da Guaruset, sendo obrigado por toda nossa categoria a picotar a pauta do setor patronal.

Após esse ato, foi votado se toda nossa categoria permanecia ou não em Estado de Greve.

E novamente por unanimidade condutores, condutoras, cobradores, cobradoras e o pessoal da manutenção votaram em permanecer em Estado de Greve até nova assembleia, que se realizará na próxima sexta-feira, 25 de maio.

Nosso departamento jurídico encaminhará o resultado da assembleia à Guaruset e as empresas terá até sexta-feira, 25 de maio, para apresentar uma nova proposta.

Juntos somos mais fortes!
#ReformaTrabalhista=Escravidão
#NenhumDireitoAMenos