Compromisso com o trabalhador, sem peleguismo

Compartilhe essa notícia:

IMG_6280

O que é ter compromisso com a população? É sacrificar funcionários para ficar bem com a opinião pública? É evitar uma greve legítima por descumprimento de acordos e não pagamento de funcionários só por ter pretensões políticas num ano eleitoral? Não, não é isso certamente. Essa não é a atitude de alguém comprometido com a população, mas sim o comportamento clássico de um pelego oportunista.

Compromisso com a população é garantir que deveres sejam cumpridos, que os trabalhadores recebam seus salários pontualmente. Compromisso é garantir empregos, em vez de rifar cobradores para aumentar os próprios lucros. Compromisso é a luta incansável pelos trabalhadores no chão da garagem, não no palanque do facebook.

O SINCOVERG se orgulha de ser um sindicato combativo e que não se amedronta quando é necessário ser duro para garantir que sejam respeitados os direitos de nossos companheiros. As empresas de ônibus em Guarulhos têm deixado de honrar seus compromissos com os funcionários da empresa, alegando que não recebe o repasse da prefeitura, o que, de acordo com a própria prefeitura, é mentira. Em todo caso, os funcionários não devem ser penalizados por questões administrativas se estão todos cumprindo corretamente com suas funções.

Quem faz sofisma com “compromisso” com a população provavelmente sequer sabe que algumas empresas têm feito o desconto em folha do convênio médico, mas não repassam o devido às operadoras e, como resultado, os trabalhadores que precisam de assistência médica não podem usá-la, embora tenham pago por isso. Essa prática não é menos do que um assalto ao bolso do trabalhador. Mas pela lógica pelega, defender simplesmente que os trabalhadores possam usar o serviço pelo qual pagaram é não ter compromisso.

O que precisamos agora é de união da classe trabalhadora, que não está sob ataque somente na categoria dos transportes, mas também pelo avanço da bancada patronal que quer desmontar a CLT. Nesse caso, fazer greve contra o fim da CLT também será falta de compromisso com a população? O compromisso de alguns é só com o quietismo.

Como disse certa vez a filósofa Simone de Beauvoir, os opressores não seriam tão fortes se não tivessem cúmplices entre os próprios oprimidos. E todo trabalhador que é cúmplice da perda de direitos dos trabalhadores não é senão isso: um pelego.

Nós permanecemos na luta e manteremos nossa posição porque isso sim é compromisso com o povo. E se algum pelego discordar, pode vir conversar conosco em nosso endereço, Rua Jaiminho, 215. Aguardamos ansiosamente.

Compromisso com a população é garantir que deveres sejam cumpridos e que os trabalhadores recebam seus salários pontualmente
Compartilhe essa notícia:

Veja também: