Dia Nacional de Luta

Compartilhe essa notícia:

Os trabalhadores do transporte público e da coleta de lixo não pararam de trabalhar durante toda esta pandemia, pois prestam um serviço essencial. Estão mais expostos que outras categorias, devido ao alto número de pessoas com quem têm contato nos coletivos todos os dias e, no caso dos coletores, pelo risco de contaminação com os resíduos do material recolhido. Se estão na linha de frente da Covid, merecem tratamento igual a outros profissionais e devem ter prioridade no recebimento da vacina contra o Coronavirus. Uma reivindicação mais do que justa.

 

Somos linha de frente
Compartilhe essa notícia:

Veja também: