Mortes no trânsito na capital paulista caem pela metade em setembro

Compartilhe essa notícia:

O número de ocorrências registradas na polícia foi de 23 casos em setembro deste ano ante 46 no mesmo mês de 2014. A conta inclui casos classificados como culposos (não intencionais) e dolosos (em que o motorista assume o risco de causar morte).
 
Os casos culposos caíram de 38 em setembro de 2014 para 21 no mesmo mês deste ano. Já os dolosos, segundo a secretaria, a queda foi de 8 casos em setembro do ano passado para 2 em setembro deste ano.
 
Em relação aos primeiros nove meses deste ano em comparação ao mesmo período do ano passado, a secretaria registrou queda de 26,9% nos acidentes com mortes na capital: caiu de 420 para 307. Segundo a secretaria, o “aumento da fiscalização de ruas e rodovias estaduais ajudou a poupar essas vidas”.
 
O número de acidentes de trânsito com feridos também caiu de janeiro a setembro de 2015 ante mesmo período do ano passado, passou de 18.780 para 16.364, uma redução de 12,86%. Com isso, houve recuo de 2.416 casos.
 
Um dos motivos para redução dos casos na cidade é a redução do limite de velocidade nas principais vias, a implantação de faixas e semáforos de pedestres, radares do tipo lombada eletrônica e ciclovias.
 
Além disso, a crise econômica, que levou à queda do fluxo de veículos pesados, também é apontada por especialistas e pela Artesp (agência paulista de transportes) como um dos fatores contribuintes para redução, embora insuficiente para explicar a dimensão dos resultados.
 
O prefeito Fernando Haddad diz que os resultados são uma “demonstração clara” de que a política de redução de velocidade nas vias da capital paulista “está dando resultado”. “Não é uma coincidência”, afirma.
 
Ele admite a possibilidade de a crise econômica do país eventualmente contribuir com parte da queda do número de vítimas (devido à redução do número de viagens), mas diz que a diferença dos dados da cidade para os do restante do Estado evidenciam que esse fator não explica sozinho a diminuição das mortes.
 
Os dados da Secretaria da Segurança Pública consideram os casos registrados pela polícia, mas não há acompanhamento depois da situação das vítimas levadas ao hospital. As estatísticas completas ainda serão compiladas pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) nos próximos meses.
 
GRANDE SÃO PAULO
 
Na Grande São Paulo, a secretaria registrou queda de quase 42% nos acidentes de trânsito com mortes —passou de 48 casos em setembro de 2014 para 28 no mesmo mês deste ano. Não houve registro de morte em casos dolosos.
 
No mesmo comparativo, houve 265 feridos a menos: recuou de 1.650 casos para 1.385. No acumulado de janeiro a setembro em comparação com o mesmo período do ano passado, houve redução de 499 casos de mortes no trânsito para 365.
 
Apesar de servir como termômetro da violência no trânsito, as estatísticas da secretaria não seguem regra da OMS (Organização Mundial da Saúde) de considerar as mortes ocorridas até 30 dias depois dos acidentes.
 
ESTADO
 
O número de ocorrências de homicídios culposos e dolosos por acidente de trânsito em setembro no Estado caiu 25,57%, passou de 352 em 2014 para 262 este ano. De janeiro a setembro, o número de casos passou de 3.428 em 2014 para 2.716 este ano –queda de 20,77%.
 
De acordo com a secretaria, o Estado de São Paulo registrou 9.100 casos de lesão corporal culposa por acidente de trânsito em setembro deste ano ante 11.418 em 2014 –redução de 20,3%. Com isso, ao menos 2.318 pessoas deixaram de ficar feridas, considerando que cada ocorrência pode ter mais de uma vítima.
 
INTERIOR
 
A secretaria registrou 47 casos a menos de acidentes de trânsito com mortes em setembro deste ano em comparação ao mesmo período de 2014: foram 258 casos em 2014 ante 211 em 2015.

O Vale do Paraíba e o litoral norte foram as regiões que tiveram o maior recuo percentual nos casos de mortes dolosas e culposas por acidentes de trânsito: foram 32 registros em setembro do ano passado ante 17 em setembro deste ano.
 
Em nove meses, o interior paulista recuou o número de mortes no trânsito, passou de 2.509 casos entre janeiro e setembro de 2014 ante 2.044 em 2015 –redução de 18,53%. Todas as dez regiões do interior paulista apresentaram redução nas mortes culposas e dolosas.

 

Fonte: Folha de São Paulo

Os acidentes de trânsito com mortes caíram 50% na cidade de São Paulo em setembro deste ano em comparação ao mesmo período do ano passado, segundo dados da Secretaria da Segurança Pública divulgados neste domingo (22).
Compartilhe essa notícia:

Veja também: