Sincoverg

Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários no Transporte de Passageiros, Urbano, Suburbano, Metropolitano, Intermunicipal e Cargas Próprias de Guarulhos e Arujá em São Paulo

Guarulhos, 15 de Abril de 2021

Por condutores

Negociações sobre 13º continuam e sindicato mantém estado de greve

Empresários alegam estarem com problemas financeiros e SINCOVERG pede números do setor

As empresas de ônibus têm prazo até quinta-feira, dia 10, para apresentarem números do setor para que as negociações sobre o pagamento do 13º e as horas extras prossigam.

Elas alegam problemas financeiros devido à pandemia do coronavírus.

As negociações tiveram início na manhã de segunda-feira, durante reunião com o sindicato das empresas, o Guaruset, quando as informações foram solicitadas pela direção do SINCOVERG. Como os dados não foram apresentados, o sindicato deu prazo até quinta para a apresentação dos números.

Os patrões pretendiam pagar a segunda parcela do 13º parcelada e fazer o pagamento parcial do benefício aos profissionais que tiveram o contrato de trabalho suspenso temporariamente durante a pandemia.

A proposta foi rejeitada pelos condutores durante assembleias realizadas nas garagens de ônibus na semana passada. Com a pressão da categoria e a ameaça de cruzarem os braços, os donos das empresas recuaram e solicitaram uma reunião com o SINCOVERG.

O sindicato prossegue com as negociações em busca de preservar os direitos dos trabalhadores e manterá a categoria informada sobre o avanço das tratativas. E também mantém o estado de greve até que se chegue a um acordo satisfatório para a categoria.