Sincoverg

Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários no Transporte de Passageiros, Urbano, Suburbano, Metropolitano, Intermunicipal e Cargas Próprias de Guarulhos e Arujá em São Paulo

Guarulhos, 16 de Julho de 2018

Por condutores

Nossa conquista supera o aumento imposto pelo Tribunal do Trabalho

Foram 8% de reajuste para motoristas e cobradores e 10% para motoristas trainee

Companheiros e companheiras, em nossa última assembleia, aprovamos o reajuste salarial 2013/2014.

Entendemos que ainda temos muito para caminhar, mas foi a melhor negociação que conseguimos para o momento. Foram 8% de reajuste para motoristas e cobradores e 10% para motoristas trainee.

Além do reajuste, tivemos também aumento nos tickets, que agora será de R$ 415,80 no mês de 31 dias e R$ 400,40 no mês de 30 dias. Na Cesta Básica, quem faltar pagará apenas 25% do valor. Abrimos também um canal de diálogo para discussões que não tivemos em outras negociações e nele, avançamos nas conversas com a criação do Piso Salarial para Manutenção e no Seguro de Vida.

Companheiros, sabemos que o desejo de greve é enorme, mas há momento oportuno para isso. Sabemos também que o Tribunal é uma roleta russa, esse ano mesmo tivemos exemplos, como na Construção Civil, onde o aumento imposto por eles não alcançou os 6,5%, além da extinção da PLR.

A greve é nossa arma para avançar em conquistas, não o contrário, com a paralisação só iríamos beneficiar os patrões e perder nossos avanços frente ao Tribunal do Trabalho. Recorrer ao movimento grevista, este ano, seria uma total irresponsabilidade com esta guerreira categoria em detrimento de alguns poucos pelegos e incapazes de pensar na família condutora.

Eu, como presidente e líder de nossa categoria tenho que orientar a todos, sobre os prós e os contras.

E, finalizando, agradeço imensamente a todos os trabalhadores e trabalhadoras do sistema de transporte de passageiros por mais uma vez estarem ao meu lado e dar, junto comigo, mais um passo à frente com conquistas maiores.

Forte abraço,
Orlando Maurício Jr. – Brinquinho
Presidente