Passe livre: vereador de Guarulhos defende ônibus gratuitos para a população

Compartilhe essa notícia:
passe livre

O Passe Livre em Guarulhos representa a busca por uma opção de transporte público gratuito e de qualidade para todos os cidadãos. A cidade de Guarulhos, com mais de 310 mil habitantes, enfrenta um problema crônico de transporte público. As tarifas elevadas, a falta de integração entre as linhas e a qualidade precária dos serviços impactam diretamente a vida da população, principalmente das famílias de baixa renda. Para combater essas dificuldades e garantir o direito à mobilidade urbana, o vereador Maurício Brinquinho (PT) propôs o projeto de lei Tarifa Zero (PL 2942/23), que visa oferecer transporte público gratuito para todos os cidadãos. Neste artigo, abordaremos melhor essa proposta que impacta tanto os trabalhadores da cidade, confira:

Quanto custa o Transporte Público? O peso no orçamento das famílias

Para muitos guarulhenses, o custo com transporte representa um fardo significativo no orçamento familiar. “O peso dos gastos com transporte para a população mais pobre é representativo”, afirma o vereador Brinquinho. “Chega a ultrapassar 10% do orçamento, e grande parte desse custo apenas para se locomover da casa para o trabalho. Obviamente a gratuidade no transporte público seria de grande alívio para as famílias desta faixa econômica.”

Passe Livre é um alívio para a população e impulsionamento da economia

A implementação do Passe Livre não apenas aliviaria o bolso das famílias que mais precisam dessa gratuidade, mas também traria diversos benefícios para a cidade como um todo. “A gratuidade no sistema de transporte público tem impactos positivos em escala, como no comércio local, estabelecimentos de ensino e áreas de lazer, esporte e cultura, entre outros”, explica o vereador.

Ao eliminar o custo das tarifas, os moradores ganhariam mais autonomia para se locomoverem pela cidade, impulsionando o comércio local, frequentando centros de ensino e lazer e participando de atividades culturais. Estima-se que uma família que utiliza duas conduções por dia pode economizar até R$ 3 mil por ano com a gratuidade do transporte.

Mobilidade Urbana e Meio Ambiente em Sintonia

O Passe Livre também contribuiria para a melhoria da mobilidade urbana e da qualidade do meio ambiente. Com mais pessoas utilizando o transporte público, os congestionamentos diminuiriam, liberando as ruas para outros meios de transporte, como bicicletas e patinetes. Além disso, a redução do número de veículos em circulação levaria à diminuição da emissão de poluentes, beneficiando a saúde da população e o meio ambiente.

Financiamento Viável para um Passe Livre Durável

O vereador Brinquinho reconhece que a implementação da Tarifa Zero exige um planejamento cuidadoso para garantir a sustentabilidade do sistema. Ele destaca que a cidade já subsidia parte do custo do transporte público e que essa verba pode ser complementada por outras fontes, como exploração de publicidade em ônibus e terminais, recursos de multas e zona azul, e até mesmo um fundo municipal composto por uma taxa cobrada das empresas, já que estas deixarão de ter custos com o vale-transporte dos funcionários.

Inspiração para Outras Cidades e um Futuro Mais Sustentável

Com a aprovação do projeto, Guarulhos se juntaria a outras cidades brasileiras que já implementaram a Tarifa Zero com sucesso. “A exemplo de outros municípios do país que já implementaram a tarifa zero, Guarulhos precisa de um sistema adequado que atenda sua dimensão geográfica e populacional”, afirma o vereador.

A iniciativa do vereador Maurício Brinquinho (PT) demonstra o compromisso com a justiça social e o desenvolvimento sustentável da cidade de Guarulhos. A implementação da Tarifa Zero pode ser um passo importante para reduzir as desigualdades sociais, melhorar a qualidade de vida da população e construir uma cidade mais justa e sustentável para todos.

Se você deseja saber mais sobre esse assunto importante, veja na íntegra o pronunciamento do vereador aqui

Compartilhe essa notícia:

Veja também: