Prefeito Guti veta projeto de lei que proíbe a dupla função

Compartilhe essa notícia:

O projeto de lei contra a Dupla Função tem vício de iniciativa e é inconstitucional. Além de ser de competência do Governo Federal legislar sobre o tema.

Foram essas as justificativas que o (menino) Guti usou para não assumir a sua responsabilidade.

Abandonada do jeito que a cidade de Guarulhos está e com essas (e outras) atitudes do prefeito, parece que ele ainda está em 2016, fazendo campanha para ser eleito.

Será que um dia ele vai virar prefeito?

Em outras cidades, prefeitos assumem suas responsabilidades!

Entre as justificativas da proibição nessas cidades, além do desemprego e que a principal e única função do condutor é dirigir, também estão relacionadas à Dupla Função os atrasos nas viagens e o aumento de acidentes.
Guti, qual o modelo de cidade que você quer?

Em Campinas, a Justiça do Trabalho vetou a Dupla Função, será que com o Guti também terá que ser na briga?

 

Para o prefeito de Guarulhos, o projeto de lei de Maurício Brinquinho (PT) é inconstitucional e cabe a União (Governo Federal) legislar sobre o tema. Em outras cidades, prefeitos não terceirizam suas funções e assumem a responsabilidade
Compartilhe essa notícia:

Veja também: