Sincoverg

Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários no Transporte de Passageiros, Urbano, Suburbano, Metropolitano, Intermunicipal e Cargas Próprias de Guarulhos e Arujá em São Paulo

Guarulhos, 23 de Junho de 2018

Por condutores

Respeito e salários em dia é o mínimo a ser cumprido

Não atrasamos para trabalhar, dia a dia conduzimos essa cidade. Empresário não tem desculpa para atrasos

O combinado não sai caro!

Quando sentamos na mesa de negociação, os empresários tem milhões de justificativas para não dar aumentos, não pagar PLR etc.

Do nosso lado, sempre justificamos os reajustes, o porque de cada porcentagem reivindicada.

Passada as negociações, acordado em ambas as partes, nossas trabalhadoras e trabalhadores fazem a sua parte.

Dia a dia, sem atrasos, faça chuva ou faça sol, a frota está na rua, conduzindo a cidade e trazendo dinheiro para a empresa. Somos os primeiros a acordar e os últimos a dormir.

Não existe desculpa que o patrão possa dar para justificar os atrasos em nossos pagamentos.

Respeito e pontualidade nos pagamentos é o mínimo que os empresários devem fazer. Se isso não é possível, que entreguem sua carta de licitação para a prefeitura, desocupem a moita e dê espaço para quem, pelo menos, saiba fazer conta de fluxo de caixa.

Enquanto o vale e/ou 13º salário não estiver na conta de cada trabalhadora e trabalhador de nossa categoria, nenhum ônibus sairá das garagens.

Se uma empresa não pagar, nenhuma vai rodar em solidariedade às trabalhadoras e trabalhadores que estão sem receber.

#SeUmaNãoPagarTodasVãoParar