São os trabalhadores que conduzem o nosso sindicato

Compartilhe essa notícia:

 

Em resposta à matéria publicada nesta quinta no jornal do Ponto, esclarecemos alguns pontos.

Em primeiro lugar, ao contrário do que diz a matéria, toda greve ou paralisação é decisão coletiva dos trabalhadores. Não houve nenhum tipo de manipulação, como pode atestar qualquer dos trabalhadores presentes.

Em segundo lugar, não há nenhuma mudança proposta ou exigida por parte dos trabalhadores ou do sindicato. Nós cumprimos com a nossa parte acertado no Acordo Coletivo e os empresários devem fazer o mesmo.

Depois da campanha salarial fechada, nenhum empresário no meio do ano chama o trabalhador para repor suas perdas ou até mesmo aumentar nossos salários, logo, não aceitamos mudanças que os prejudiquem.

Em terceiro lugar, o trabalho jornalístico é mais útil e melhor quanto mais os responsáveis por ele verificarem as informações antes de publicar. O SINCOVERG não representa os coletores da Quitaúna, representamos os motoristas dos caminhões e o pessoal da manutenção da empresa.

Geralmente, a imprensa é assim contra governos, sejam eles municipais, estaduais ou federal, são ferozes e vorazes, com empresários, uns gatinhos.

Depois da campanha salarial fechada, nenhum empresário no meio do ano chama o trabalhador para repor suas perdas ou até mesmo aumentar nossos salários, logo, não aceitamos mudanças que os prejudiquem
Compartilhe essa notícia:

Veja também: