SINCOVERG e Trabalhadores em cima da Campo dos Ouros

Compartilhe essa notícia:

IMG_4487gdee

Companheiras e companheiros, não é novidade que a empresa Campo dos Ouros vem atrasando pagamentos do que é de direito garantido ao trabalhador. Nossa postura frente a esses atrasos tem sido rigorosa, tanto com paralisações quanto em reuniões com os responsáveis pela empresa, com a Guarupas e a prefeitura de Guarulhos.

Neste mês de janeiro, novamente, tivemos problemas com a falta de pagamento do convênio médico, o que lesa todos os trabalhadores da Campo dos Ouros e Atual.

Nosso departamento jurídico tomou as devidas medidas para garantir que a empresa viesse a saldar os débitos com os trabalhadores. Entramos com ação judicial e abrimos um novo canal de comunicação com Guarupas e prefeitura de Guarulhos, requerendo a intervenção imediata na empresa Campo dos Ouros em favor da garantia dos direitos daqueles que fazem a empresa funcionar.

Ontem, recebemos a notícia de que os convênios médicos foram reestabelecidos e, graças ao nosso empenho, a NEXT garantiu uma linha direta para reagendar as consultas previamente marcadas de todo trabalhador da Campo dos Ouros e Atual.

Além disso, outra conquista do SINCOVERG é que todo trabalhador que teve de fazer consulta ou atendimento médico de emergência e precisou pagar do próprio bolso será reembolsado pela Campo dos Ouros mediante a apresentação dos recibos de pagamento.

Conhecemos os nossos direitos e não pararemos por aqui. No dia 1º de fevereiro, próxima segunda-feira, temos nova reunião com a Guarupas e, novamente, lutaremos em prol dos direitos de nossa categoria. Reivindicaremos inclusive intervenção administrativa e auditoria na empresa Campo dos Ouros, para garantir que ela tenha condições de cumprir com suas obrigações de forma adequada, sem lesar os trabalhadores, que permanecem cumprindo rigorosa e pontualmente com todas as suas obrigações.

Ação do SINCOVERG garantiu reestabelecimento do convênio médico e todo trabalhador que teve de fazer consulta ou atendimento médico de emergência e precisou pagar será reembolsado pela empresa
Compartilhe essa notícia:

Veja também: