Só o Dória que não sabe

Compartilhe essa notícia:

A última das ideias mirabolantes de Dória é fazer com que os trabalhadores que vão todos os dias das cidades da Grande São Paulo para a Capital sejam forçados a tomar mais um ônibus num trajeto diário que já é penoso.

Como todos sabem, os ônibus intermunicipais fazem ponto final em estações de trem e metrô, porque os trabalhadores já podem embarcar mais rapidamente no metrô ou no trem que, mesmo com superlotação, permitem aos usuários atravessar a cidade com maior rapidez.

Pois agora o prefeito que nunca subiu num ônibus decidiu que os ônibus intermunicipais não vão poder transitar na capital. Eles terão de parar nas fronteiras da cidade e os usuários terão de tomar um ônibus que os levará ao trem ou ao metrô, só para aumentar a receita da SPTrans. Adivinhem só quem pagará a conta? O trabalhador que mora mais longe. Trata-se de um aumento de cerca de R$ 170 por mês.

Fora o aumento desnecessário nas despesas de trabalhadores que já sofrem perdas de direitos todos os dias por parte do governo golpista, o efeito mais imediato da medida descabida de Dória vai ser o aumento da demora no percurso do trabalhador, porque também todos sabem, menos o Dória, que a transferência de um veículo para outro causa perda considerável de tempo.

Pelo visto não serão só os habitantes da capital que sofrerão com um prefeito que não conhece a própria cidade. A capacidade de Dória de piorar as condições de vida dos habitantes das cidades vizinhas é evidente.

Todo usuário do sistema da EMTU sabe dos problemas que o sistema tem. Menos o Dória, que nunca andou de ônibus.

O que acontece quando é eleito um prefeito que desconhece a cidade que governa e as demais cidades no entorno? Simples, ele piora o que já não estava bom.
Compartilhe essa notícia:

Veja também: